Festival de vinho e comida da Georgia invade o Porto + Leilão Solidário

De 22 a 25 de fevereiro, na Alfandega do Porto, decorre o simplesmente… Vinho que chega este ano a doze edições consecutivas. O único salão­ em Portugal dedicado aos vinhos, petiscos, música e arte, este ano tem como país convidado a Geórgia, que inspira o jantar leilão solidário cujas receitas reverterão para a HumanWinety e a SOS Cabedelo. O momento está marcado para o dia 22 de fevereiro, a partir das 20h00, no Salão Nobre da Alfândega do Porto, mas o leilão de obras de 55 artistas e garrafas de mais de 100 vignerons, já está a decorrer online e acontece presencialmente nesta data. O valor do jantar começa nos cem euros e vai até onde cada um desejar – será uma primeira contribuição solidária. Arrematar um ou vários dos lotes do Leilão, cujo catálogo é assinado pelo designer José Albergaria, será outra forma de os cidadãos empenhados dizerem «presente». “Trazer a Geórgia ao Porto é sonho antigo, que este ano temos finalmente oportunidade de concretizar. E será com a Geórgia à mesa, nos pratos e copos, nos ouvidos e alma, que vamos realizar o Leilão Solidário”, diz João Roseira, responsável pela organização do evento.
Ao longo dos quatro dias do evento, o país, a Geórgia, berço mundial do vinho, será o mote para a celebração. Comidas, bebidas e arte que têm o seu momento alto no jantar solidário, tipicamente georgiano, com o famoso Supra, com a assinatura do chef Archil Shinjikashvili e que, graças ao esforço e empenho da Embaixada da Geórgia, conta, também, com o premiado ensemble Shvidkatsa que se desloca propositadamente a Portugal para atuar no jantar, durante o qual decorre o Leilão de Arte + Vinho Solidário.
“Ser simplesmente…Vinho implica responsabilidade ambiental e social e são essas facetas da nossa identidade que queremos acentuar quando festejamos uma dúzia de edições. Do país que é nosso convidado de honra virão 11 vignerons de referência, com diferentes estilos, várias proveniências, que recorrem a castas variadas e têm muitas histórias para contar”, adianta o mentor do projeto.
As 55 obras a leilão são de artistas como Vhils, Meinke Flesseman, Paula Mota, Paulo Ramuni, Eugenio Ampudia, Sandra Rocha, Feio, Rosarinho Cruz, Inês Barracha ou Henrique do Vale. Os lotes de garrafas de vinho de vignerons diferentes, como Niepoort, Barbeito, Quinta do Mouro, Quinta das Bágeiras, Quinta da Pellada ou Soalheiro, bem como seis vignerons da Geórgia, meia dúzia de Espanha e dezenas de outros de Portugal, reforçam este leilão.
A ação solidária tem o objetivo apoiar pessoas e instituições que são uma referência no setor:
A HumanWinety, liderada por Bento Amaral e Cláudio Martins, é um exemplo da inclusão e diversidade que desafia o status quo para integrar minorias ou pessoas com deficiências físicas e/ou intelectuais, neste setor dinâmico. Os seus esforços já resultaram em benefícios tangíveis, evidenciando o impacto transformador da inclusão e da educação.
A SOS Cabedelo surgiu em 2009, na sequência do prolongamento do molhe do porto da Figueira da Foz, pela comunidade surfista local, preocupada com o impacte daquela obra. O seu trabalho destaca-se pela mobilização do conhecimento para a compreensão e leitura do território, sem distinção entre mar e terra. Forneceu elementos de referência na revisão do Plano de Ordenamento da Orla Costeira, na inscrição de ondas específicas no Plano Estratégico Nacional do Turismo, e na concretização do Programa da Orla Costeira.Como contribuir?
Participação no jantar de Supra Georgiano e no Leilão Solidário, o valor do jantar inicia em cem euros e vai até onde cada um desejar, é uma primeira contribuição solidária. Lugares limitados, reserva obrigatória (leilao@simplesmentevinho.pt).
Menu de degustação Supra, 11 vinhos da Geórgia, ensemble Shvidkatsa e Leilão Solidário: € 100/pessoa (ou valor solidário superior), pagamento antecipado.
Arrematar um ou vários dos fantásticos lotes do Leilão, é outra forma de dizer presente como cidadão empenhado.
Adquirir o catálogo do Leilão, com a chancela de José Albergaria, designer Portugueses de referência, e de autoria igualmente solidária, é outra forma.
Há também a possibilidade de contribuir de forma remota, participando no Leilão através do envio de propostas de compra por email e/ou registo de interesse em determinados lotes para licitar por telefone no próprio dia. www.leilaosolidario.com

Segunda-feira, 19 Fevereiro 2024 09:56


PUB