Ésse Xis Ésse Dabliu

ÉSSE XIS ÉSSE DABLIUPorque estamos a anos-luz de entender o evento South by Southwest (SXSW), quanto mais dar-lhe importância.Em amena cavaqueira com um amigo por Skype, este diz-me: “a malta de fora agora só partilha cenas do ésse xis ésse dabliu. Ainda tou para ir ver o que é isso”. Ri-me, claro, mas tentei explicar-lhe um pouco do que sei, de edições anteriores e do que representa.

Sempre afirmei que tenho muito mais interesse a eventos que olham o futuro da criatividade do que os olham para trás e premeiam o ano transacto. Pena que os primeiros nāo façam o mesmo…

Bom, mas adiante. O SXSW, que já vai no 27.º ano, é um ‘festival’ de música, cinema, tecnologia, interactividade, publicidade, etc. You name it. Se inovação é o que se procura, então Austin, Texas, é o local certo.

Eis algumas ideias que ficaram do evento deste ano:

A segurança de informação está em risco

Julian Assange, fundador da Wikileaks, falou sobre como o poder da internet, que deveria ser usado para a emancipação dos seres humanos, está a ser usada pelas grandes potências para subjugar-nos. E como na verdade a luta pela segurança da informação deve ser encarada com o grande movimento social dos direitos humanos do séc. XXI.

A nossa atitude online tem de mudar

Quase todos os oradores discursaram sobre um mesmo tópico: o que fazemos online, e a pegada digital que deixamos deve ser uma das prioridades a ser ensinada aos mais jovens. Porque todos podem ter acesso a essa informação e, sejamos sinceros, não queremos que os outros encontrem maneiras de nos controlar remotamente. O que faz isto pela criatividade? “Obriga” a encontrar novas formas de chegar às pessoas legitimamente.

A tecnologia e a biologia são o futuro

A fusão da tecnologia com a biologia está na vanguarda das coisas mais espectaculares que o mundo está a testemunhar neste momento. Joi Ito, do M.I.T., diz que, num futuro próximo, as pessoas terão de saber tanto sobre bioengenharia como sabem agora de internet. E deu o exemplo de como um bicho-da-seda terminou uma pequeníssima estrutura criada pelo Homem. Outros oradores mostraram como o corpo humano será o próprio palco desta revolução com a já existente wearable technology com exemplos como as lentes de contacto funcionais que amplificam a realidade.

Makers e hackers sāo os novos empreendedores

A Bitcoin foi um dos grandes temas do ano. E como tal, os negócios online que emergem e com eles, novas tecnologias, novas formas de transacções e novas formas de ‘fazer acontecer’. A era das ideias está rapidamente a transformar-se na era da execução que, por conseguinte, terá de dar forma a uma nova era de ideias e por aí em diante.

Algoritmos podem ser mais poderosos que grandes televisivas

Os algoritmos criados pelo Google, Facebook, Twitter e afins decidem o que vemos nas nossas redes sociais. Plain and simple. Podemos dizer que seguimos esta e aquela página, que nós é que escolhemos o que vemos e seguimos, mas a verdade é que as notícias e as histórias é que nos encontram. E quem programa estas linhas de código tem, no final do dia, o poder nas mãos. Mais uma vez, como conseguirão pequenas e médias empresas (criativas e nāo só) ultrapassar as histórias que o Upworthy, por exemplo, veicula?

Tudo isto faz com que, ano após ano, mais pessoas se interessem pelo SXSW. Mas mais importante, mais empresas e mais marcas. Mais anunciantes.

Agora, vamos continuar a fazer mais uns reclames de TV, boa?

Segunda-feira, 17 Março 2014 10:53


PUB