Marcas apostam em apps para chegar aos consumidores

Marcas apostam em apps para chegarem aos consumidores

As marcas têm vindo a apostar numa estratégia específica no âmbito das plataformas mobile (smartphone e tablet), com aplicações diferenciadoras e originais que tem como intuito captar a atenção do consumidor. A conclusão surge num estudo da OMG Consulting, que apurou que em Portugal esta tendência tem-se acentuado desde o 2º semestre de 2011.

Isto só é possível graças à crescente proliferação de equipamentos wireless (notebooks, smartphones ou tablets) e à democratização da banda larga – nomeadamente com o aparecimento da 4G – que tem vindo a impulsionar uma nova experiência online, mais envolvente para o consumidor e até aditiva.

De acordo com o estudo, a dependência dos equipamentos mobile tem sido potenciada pelo crescente número de apps, que tornam a navegação mais intuitiva e criam hábitos de interação online.

As marcas têm percebido as potencialidades das ações online e tem procurado entrar neste território com aplicações que chamem a atenção dos consumidores, e em simultâneo promover goodwill relativamente à marca.

Algumas marcas têm optado por utilizar as apps como extensões da experiência digital, com informações sobre a mesma, catálogo de produtos, entre outros dados. Contudo, há marcas que procuram ir um pouco mais longe e arriscam numa relação mais íntima com o consumidor, é o caso das – branded apps. O objetivo é principalmente criar impacto e gerar experiências positivas que os consumidores possam associar à marca.

Em Portugal, já se verificam alguns casos destes, sendo um fenómeno que ganhou mais relevância no 2º semestre no ano passado, nomeadamente nas categorias Estilo de Vida, Viagens, Saúde e Entretenimento, entre outras.

Esta tendência tem-se verificado principalmente ao nível das operadoras móveis, em particular a Optimus, com uma oferta alargada nas categorias: Estilo de Vida, Viagens, Navegação entre muitas outras.

Mas algo que é comum às três operadoras nacionais são as aplicações referentes aos festivais de Verão – Optimus Alive, Optimus Primavera Sound, Vodafone Rock in Rio Lisboa 2012 e SWtmn.

No sector dos FMCG – indústria das Bebidas e Alimentação – destaca-se o exemplo da Super Bock que é uma das marcas pioneiras na aposta das branded apps, com o criação de aplicações na categoria Estilo de Vida.

É exatamente nesta categoria – Estilo de Vida – em que se desenvolvem mais aplicações, contando com uma grande diversidade de marcas de diferentes áreas (Coca-Cola, Samsung, Oliveira da Serra, EDP, etc).

No entanto, para a marca ter sucesso neste território necessita de conhecer bem os consumidores, desenvolver aplicações centradas nas necessidades, aspirações e estilo de vida do consumidor, mantendo os valores da marca. Sendo fundamental, uma forte aposta na comunicação durante o lançamento da app e uma atualização de conteúdos regular.

O estudo da OMG aponta como principais benefícios para os anunciantes, a exposição à marca em momentos de maior desconcentração dos consumidores e a criação de “embaixadores da marca”, que a divulgam com os contactos.

Além disso, a aposta nas aplicações permite também marcar pela diferença no atual contexto de competitividade, e em simultâneo obter feedback do consumidor (conhecido através do número de downloads, acessos e tempo médio despendido com a app).

Fonte: LPM

Segunda-feira, 25 Junho 2012 14:53


PUB